Graduação Letras

Tradução

Se você tem uma boa base em inglês e escreve bem em português, a tradução é uma ótima opção de carreira. O curso de graduação da PUC-Rio oferece um leque variado de disciplinas, desde as de caráter introdutório até as voltadas para áreas especializadas, com uso de avançados laboratórios com recursos multimídia. A universidade conta ainda com uma biblioteca moderna e informatizada, que contém um bom acervo de livros, periódicos e teses, complementado pelas obras disponíveis na sala de estudos dos professores do curso. Além disso, para quem quiser complementar sua formação, a PUC-Rio oferece ainda um curso de Especialização em Tradução inglês-português (pós-graduação lato sensu) além de Mestrado e Doutorado (pós-graduação stricto sensu). Os professores do curso são profissionais de larga experiência em tradução e em ensino e pesquisa na área:

 

 

Marcia A. P. Martins é Doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC/SP. Tradutora e professora, atua na graduação e na pós-graduação do Departamento de Letras da PUC-Rio. Organizadora das coletâneas Tradução e multidisciplinaridade (Lucerna/PUC-Rio, 1999) e Visões e identidades de Shakespeare no Brasil (Lucerna, 2004), seus principais interesses de pesquisa são as traduções brasileiras da poesia dramática de William Shakespeare e a historiografia da tradução..

 

Maria Paula Frota, Doutora em Linguística pela UNICAMP, é professora e pesquisadora da área de tradução da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), com vários artigos publicados em revistas como TradTerm e Cadernos de Estudos Lingüísticos (IEL/UNICAMP). Autora do livro A singularidade na escrita tradutora (Pontes/Fapesp, 2000), atualmente desenvolve estudos sobre a convergência da tradução, lingüística e psicanálise, e sobre abordagens não representacionistas do significado.

 

Paulo Henriques Britto, Notório Saber (PUC-Rio), é formado em licenciatura em línguas portuguesa e inglesa no Departamento de Letras da PUC/RJ em 1978, onde concluiu o mestrado em língua portuguesa em 1982. Publicou três livros de poesia e traduziu mais de setenta obras de autores estrangeiros. Recebeu o Prêmio Paulo Rónai na categoria Tradução pela obra A mecânica das águas, de E. L. Doctorow, concedido pela Fundação Biblioteca Nacional (1995), e o Prêmio Alphonsus de Guimaraens na categoria Poesia, pela obra Trovar claro, concedido pela Fundação Biblioteca Nacional, (1997). É professor do curso de tradução da PUC-Rio desde 1978, e seu projeto de pesquisa atual diz respeito à tradução de poesia. Site pessoal

 

A Profissão do Tradutor

A profissão de tradutor é uma das boas opções no mundo globalizado em que vivemos. Com a intensificação do intercâmbio entre povos, culturas, sociedades, empresas, o mercado para tradução cresce cada vez mais, devido à necessidade constante de disseminação de informação, seja ela cultural, científica, tecnológica ou empresarial/comercial. Além disso, quando nos damos conta de que o acesso a uma parte considerável das "grandes obras" da cultura mundial - literatura, cinema, teatro - se dá através de traduções, fica bastante evidente o papel central do tradutor como mediador nesse processo.

 

Hoje em dia, o tradutor pode trabalhar com textos de vários gêneros e modalidades, entre os quais se incluem obras literárias e técnicas; filmes para cinema, televisão e vídeo; manuais técnicos e software; sites da internet; contratos, patentes e bulas; documentos legais; e muito mais. No mundo da tradução há espaço para pessoas com interesses e aptidões os mais diversificados, desde que tenham em comum a paixão pelas atividades de ler e escrever e o domínio da matéria-prima de seu trabalho, que é a língua materna, com todo o seu potencial comunicativo.

 

Por tudo isso, a atividade tradutória é extremamente estimulante, trazendo novos desafios a cada texto e proporcionando uma intensa satisfação intelectual. É também uma profissão cujo futuro está garantido: num mundo em que o volume de informações em circulação aumenta exponencialmente, traduz-se cada vez mais, num número crescente de modalidades diferentes.

 

 

Mercado de Trabalho

O tradutor pode optar por diversas maneiras de se inserir no mercado. Ele pode trabalhar como autônomo, em sua própria casa ou em um escritório, prestando serviços para clientes diversos; pode ter vínculo empregatício com grandes empresas ou agências de tradução; pode associar-se a colegas para formar uma cooperativa; ou pode, ainda, constituir sua própria empresa de tradução. O tradutor que se especializa em uma área técnica pouco a pouco se transforma numa autoridade em seu setor do conhecimento, muitas vezes contribuindo para a criação e estabilização do vocabulário especializado (Clique aqui para acessar uma lista de Glossários). A tradução literária, por sua vez, além de extremamente gratificante, é um trabalho criativo e estimulante para quem deseja fazer carreira em literatura; muitos escritores renomados reconhecem a importância que o trabalho de tradução teve na sua formação. Há, também, a atividade do tradutor público e intérprete comercial, normalmente chamado de tradutor juramentado, que é um tradutor concursado e nomeado pela Junta Comercial de seu estado, habilitado para traduzir documentos de valor legal, tais como contratos, certificados e processos judiciais. Espera-se para breve a realização de um concurso no estado do Rio de Janeiro, já que o último ocorreu ainda nos anos 1980.

 

Ao lado das ferramentas tradicionais do tradutor - essencialmente os dicionários e enciclopédias, além de publicações especializadas - nas duas últimas décadas o progresso tecnológico provocou uma verdadeira revolução nas práticas profissionais da área. O advento do microcomputador e da internet veio facilitar muitíssimo o trabalho, disponibilizando para o tradutor recursos extraordinários, tais como dicionários e glossários em CD-ROM ou on-line, estes constantemente atualizados, e um sem-número de sites que constituem fontes de consulta da maior utilidade.

 

A remuneração do tradutor autônomo pode tomar como base o número de laudas, de palavras ou de caracteres, tendo como referência a tabela de preços e serviços do SINTRA - Sindicato Nacional dos Tradutores. Nas últimas décadas, com o reconhecimento da profissão pelo Ministério do Trabalho em 27 de setembro de 1988, a remuneração do tradutor vem se valorizando progressivamente.

 

Disciplinas, por período, do curso de Tradução

Programa sobre o curso de tradução

PONTÍFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO
Rua Marquês de São Vicente, 255, Gávea
Rio de Janeiro, RJ - Brasil - 22451-900

DEPARTAMENTO DE LETRAS
Ed. Padre Leonel Franca - 3º andar
(21) 3527.1770

PUC-RIO
Todos os direitos reservados
© 2016

Selo da PUC-Rio

 

Melhor visualização: Internet Explorer 7.x, Firefox 3.x, Chrome 7.x, Safari 5.x ou versões superiores; 1024 x 768 pixels.

 


Siga-nos no Facebook
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Rua Marquês de São Vicente, 225, Gávea -
Rio de Janeiro, RJ - Brasil - 22451-900

Departamento de Letras
Ed. Padre Leonel Franca - 3o. andar
(21) 3527.1770

PUC-RIO © 1992 - 2012. Todos os direitos reservados.